AVVA Saúde

Antes de começarmos a falar dos arquétipos propriamente, é importante lembrar que cada mulher tem um ritmo unico que é exclusivamente seu. O importante é observar como seu ciclo se manifesta , ( antes o seu corpo), e como reverbera esse conhecimento para você. Não há a necessidade de se encaixar em nenhum padrão. 

A idéia é utilizar essas informações como mais uma forma de conhecer seu ciclo e seus ritmos.

Ao vibrar com nossa energia cíclica: florescemos, realizamos nosso potencial pleno, nos tornamos mulheres conscientes e empoderadas, corajosas e felizes de expressar nossa essência no mundo

Fontes:
Lua Vermelha, de Miranda Gray
O Despertar da Energia Feminina, de Miranda Gray
Agenda da Mandala Lunar